Crítica | blómi



★★★★

Um sopro com o ar da vida para o folk.

blómi é um projeto que explora as suas ideias de forma curiosa, optando por caminhos oblíquos e significações pouco usuais, tanto no âmbito lírico quanto nos cenários fabulosos — no sentido mais próximo às fábulas possíveis. Mas, o feito mais hábil do álbum foi ser comovente e reflexivo ao longo de toda a sua duração enquanto um singer-songwriter moroso e moribundo. E, para isso ser possível, Susanne Sundfør usou a eletroacústica para tornar cada camada mais rica e cada emoção mais espessa, além, claro, das belas e bucólicas paisagens sonoras trazidas pelo disco, que estão para além da compreensão e beiram o transhumano. Um sopro com o ar da vida para o folk.

Selo: Bella Union
Formato: LP
Gêneros: Folk / Singer-Songwriter, Art Pop, Eletroacústica
Sophi

Sophia, 18 anos, estudante e redatora no Aquele Tuim, em que faço parte das curadorias de Rap e Hip Hop e Experimental/Eletrônica e Funk.

Postagem Anterior Próxima Postagem