Crítica | & The Charm



★★★½

& The Charm não soa como uma experiência completa, mas melhora o seu dia com tranquilidade.

Em seu LP de estreia, Avalon Emerson nos brinda com um disco de downtempo gélido, melódico e fofo. Entretanto, é um que não soa como uma experiência completa, e sim apenas uma amostra do que a artista pode fazer no futuro — mesmo que ela já tenha sete anos de carreira.

As músicas te prendem em transe através das melodias alucinantes, performances vocais discretas e seções rítmicas claras. É como se alguém cantasse para você uma canção de ninar lenta e com efeito curativo, não porque lhe dá sono, mas porque acalma sua mente.

Assim, o que resta para Avalon é aperfeiçoar esse estilo quentinho e agradável de indietronica até o seu mais fino estado, seja ele cheio de camadas como em “A Dam Will Always Divide” ou encantador como em “Dreamliner”, mas ainda há um longo caminho a percorrer para que a artista deixe de lado composições relativamente entediantes como “Entombed In Ice”. Até lá, estarei debaixo da minha coberta, contente e ouvindo o abraço em forma de música que “A Vision” é, e acho que você também deveria!

Selo: Another Dove
Formato: LP
Gêneros: Eletrônica / Downtempo, Indietronica, Balearic Beat
Sophi

Sophia, 18 anos, estudante e redatora no Aquele Tuim, em que faço parte das curadorias de Rap e Hip Hop e Experimental/Eletrônica e Funk.

Postagem Anterior Próxima Postagem