Crítica | Ten Total



★★★★

Ten Total, disco de estreia de 1010benja, une as bases da música pop à sensibilidade do R&B alternativo — é um registro fundamentalmente sensorial.

Não é incomum que a música pop tente traduzir sentimentos universais em sons e melodias que provoquem uma reação similar; na verdade, este é um de seus pilares. Entretanto, são raros os discos que conseguem fazer isso de forma autêntica, sem abusar de clichês que, muitas vezes, são inevitáveis, tendo em vista a generalidade dos temas abordados nas canções (afinal, essa generalidade também é responsável por gerar uma conexão com o público). Mas Ten Total, o primeiro álbum de Benjamin Lyman como 1010benja, mostra-se capaz de unir as bases do pop à sensibilidade lírica e musical do R&B alternativo — é um registro fundamentalmente sensorial.

Isso já fica claro na faixa de abertura, que introduz a ambientação caótica do disco com violinos que se transformam numa aglutinação de sons urbanos: explosões, tiros, sirenes, risadas e gritos parecem sugar o ouvinte para dentro de sua dimensão própria. É um choque, no entanto, se deparar com uma faixa tão simplista logo em seguida. Essa imprevisibilidade das decisões criativas também é algo a se notar neste registro. São dez faixas que soam completamente diferentes entre si e vão desde o experimental (“Looking Out”) até o pop tradicional (“Twin”) e do trap (“Mire”) ao quase-gospel (“Waterworks”).

Na prática, é a voz polivalente do cantor que completa esse quebra-cabeça. Com toques de Usher e Justin Timberlake, Benjamin possui o tom ideal para dialogar com multidões, e isso facilita muito a transmissão dos sentimentos derramados nas faixas, por mais contraditórios e inusitados que eles sejam. Como qualquer relacionamento, Ten Total é um fluxo de ideias, de vivências, de palavras e de sons; as reviravoltas nem sempre fazem sentido, mas há, a todo momento, um pulso capaz de provocar as mais variadas reações e, para um disco que vê a música pop como ferramenta sensorial, isso é mais que suficiente.

Selo: Three Six Zero
Formato: LP
Gênero: Pop / R&B Alternativo
Marcelo Henrique

Marcelo Henrique, 21 anos, estudante e redator no site SoundX e no Aquele Tuim, em que faço parte das curadorias de Pop, R&B e Soul.

Postagem Anterior Próxima Postagem