Crítica | "JOYRIDE"



★★★☆☆
3/5

"JOYRIDE", a primeira música lançada por Kesha após o término de seu contrato com o produtor Dr. Luke, marca um novo capítulo em sua carreira como artista independente, libertando-se após 19 anos de colaboração. O lançamento estratégico em 4 de julho, dia da independência americana, simboliza não apenas um marco patriótico, mas também a própria independência de Kesha em relação ao controle criativo anterior. É uma irresistível música pop que incorpora elementos do romanian popcorn, com sintetizadores sincopados e acordeões, além do dance pop que apresenta sequenciadores e batidas consistentes, estimulando o ouvinte a se mover e dançar. A canção é uma celebração de autoconfiança e liberdade, de ser quem você é sem desculpas; as letras, por vezes provocativas, refletem uma personalidade forte e determinada, que busca prazer e diversão sem se preocupar com julgamentos externos. Obtendo, por fim, a mistura de elementos excitativos com um senso de divertimento imperturbável, que acerta em experiências intensas, do prazer e da liberdade pessoal.

Selo: Kesha
Formato: Single
Gênero: Pop / Dance-Pop, Romanian Popcorn
Brinatti

Graduando em Ciências Sociais, com ênfase em Antropologia e Sociologia, 27 anos. É editor e repórter do Aquele Tuim, em que faz parte das curadorias de MPB, Pós-MPB, Música Brasileira e Pop.

Postagem Anterior Próxima Postagem