Crítica | Never Going Home


★★★★

Never Going Home é uma das melhores abreviações das pistas de dança em 2023.

Concebido em um intervalo de tempo de quase 6 anos, a sequência de singles do produtor CFCF, Never Going Home, é uma das melhores abreviações das pistas de dança em 2023. Contrariando qualquer impressão a respeito da suposta — e enganosa — ideia de facilidade nas produções dance/eletrônicas, CFCF busca ir além do óbvio.

Never Going Home, então, oscila entre ambiente, dub techno e house progressivo. Em faixas de dois e até nove minutos de duração, ele expande as impressões do chamado braindance, ou IDM (Intelligent Dance Music) que colecionou ao longo dos anos durante suas apresentações.

Para ampliar ainda mais o repertório, ou torná-lo mais atrativo, CFCF contou com a ajuda robótica do vocaloid Troy. É uma de suas peças mais divertidas.

Selo: Independente
Formato: EP
Gênero: Eletrônica / House Progressivo, Ambiente, IDM
Matheus José

Graduando em Letras, 23 anos. No Aquele Tuim, faço parte das curadorias de Jazz, Música Independente, Eletrônica e Experimental.

Postagem Anterior Próxima Postagem