Crítica | 06 06 16 (St. Elisabeth Kirche, Berlin)



★★★★

06 06 16 (St. Elisabeth Kirche, Berlin) é um testemunho vivo da profunda ebulição do improviso.

Registro da primeira passagem do coletivo Marginal Consort na Alemanha, 06 06 16 (St. Elisabeth Kirche, Berlin) é um testemunho vivo da profunda ebulição do improviso. É um épico de três horas que expõe com naturalidade a pujança dos artistas envolvidos em sua criação.

Dividida em três grandes atos, sendo o último o mais intrigante de todos — e também o mais impressionante, com elementos que remetem ao horror — , a obra tem o poder de perfurar os espaços mais densamente povoados pela música em seu formato comercial.

Ou seja, a dimensão artística expressa através dos inúmeros vestígios sonoros, disparos eletrônicos e ruídos aqui utilizados de forma surreal, não cabe em nenhuma classificação simples. Este é um dos raros casos em que o sentido empírico da arte na música se expressa com aptidão e clareza.

Selo: 901 Editions
Formato: LP
Gênero: Experimental / Improvisação Livre, Ambiente
Matheus José

Graduando em Letras, 23 anos. No Aquele Tuim, faço parte das curadorias de Jazz, Música Independente, Eletrônica e Experimental.

Postagem Anterior Próxima Postagem