Crítica | O AMOR, O PERDÃO E A TECNOLOGIA IRÃO NOS LEVAR PARA OUTRO PLANETA



★★★★★

Marcado por uma das melhores produções da cena musical brasileira, o novo disco de FBC é uma aula de como traçar mudanças artísticas e transformar os riscos em combustível para os acertos.

Com o mais recente lançamento, FBC se firma como um dos artistas mais interessantes da atual cena musical brasileira. O rapper ganhou um imenso destaque através do seu brilhante álbum BAILE, de 2021 e, agora, com a ajuda de Pedro Senna e Ugo Ludovico, o artista resolveu arriscar trocando o baile funk pelas pistas de dança.

As inspirações para este trabalho vêm de artistas como Daft Punk e Frank Ocean. Mas, entre essas referências, há uma delas que emprega ainda mais sentido ao projeto, principalmente devido ao conceito trabalhado ao longo da obra; se você já ouviu o incrível A Tábua de Esmeralda, consegue captar claramente estas referências relacionadas com o ícone Jorge Ben Jor aqui.

A faixa de destaque do álbum é a cativante “Químico Amor”, que contém elementos do hit “Physical”, de Olivia Newton-John. Também adoro a sensual “A Noite No Meu Quarto”, que é uma música mais lenta com influências do jazz — fator pelo qual O AMOR, O PERDÃO E A TECNOLOGIA IRÃO NOS LEVAR PARA OUTRO PLANETA consegue soar tão oponente frente aos outros registros do artista.

Porém, o mais surpreendente de tudo foi o fato de FBC ter ousado em criar um outro som que vai na contramão das tendências atuais da música brasileira, sem se preocupar em agradar a maioria. Ele é um artista que realmente coloca seu amor pela arte em primeiro plano, sem se preocupar com os likes e demais recompensas que, às vezes, são superficiais perto do que a arte pode proporcionar. Faça um favor a si mesmo e entre nessa viagem musical com FBC.
 
Selo: Do Padrim Entertainment Ltda
Formato: LP
Gênero: Dance-pop, Nu-disco
Vit

Sou a Vit, apaixonada pelo universo musical desde que me entendo por gente, especialmente por vocais femininos. Editora e repórter no Aquele Tuim, onde faço parte das curadorias de Pop, MPB, Pós-MPB e Música Brasileira.

Postagem Anterior Próxima Postagem