Crítica | Heaven knows


★★★½

Heaven knows comprova que PinkPantheress é a estrela máxima da Geração Z.

PinkPantheress é a síntese vital do melhor que o universo musical proveniente do TikTok nos trouxe. Heaven knows funciona como um ato comprobatório, que permite entender como a artista se tornou o grande fenômeno que é.

A obra é o espaço genuíno de apurar suas habilidades enquanto cantora e produtora, como também é a condensação sonora da energia e da cultura digital geracional em que ela está inserida. Há, inclusive, elementos que permitem visualizar isso concretamente: as parcerias, que incluem nomes como Rema, Central Cee e Kelela, e a presença de k-pop no registro. A faixa “Another life” possui interpolação de “Ice Cream”, de f(x), e o videoclipe de “Nice to meet you” foi inspirado em um edit de LOONATIC, de LOONA/ODD EYE CIRCLE, publicado no TikTok.

É impossível negar que a artista é a grande propulsora na reincidência do drum and bass e do breakbeat no mainstream, que passou a ser uma peça intrínseca do atual revival dos anos 2000 na cultura pop de massa. Tendo esse fato em perspectiva, ouvir faixas como “Ophelia”, “The aisle”, “Feelings” e “Capable of love”, a sua melhor música até então, é um verdadeiro deleite: ela não apenas adotou esses gêneros como sua identidade musical, mas pretende articular e expandir suas possibilidades a partir deles.

Heaven knows está longe de ser inventivo ou mirabolante, e tudo bem, ele não precisa disso. É um registro divertido, com todas as características já conhecidas da artista e que cumpre com o que se propõe. Num geral, o saldo é positivo e o futuro é bastante promissor para PinkPantheress.

Selo: Warner
Formato: LP
Gênero: Eletrônica
Felipe

Graduando em Sistemas e Mídias Digitais, com ênfase em Audiovisual, e Estagiário de Imagem na Pinacoteca do Ceará. É editor do Aquele Tuim, contribuindo com a curadoria de Música do Continente Africano.

Postagem Anterior Próxima Postagem