Crítica | “Codinome Exagerado”


★★★½

A nova colaboração de HODARI e Urias transmite tanto o fervor do amor quanto o desejo intenso que dele advém.

A mais recente colaboração entre HODARI e Urias, “Codinome Exagerado”, é marcada por sua delicadeza e sensibilidade. Os artistas se aprofundam no mundo romântico explorando os desafios e as alegrias inerentes aos relacionamentos. Além disso, a letra, permeada por uma aura de exagero e intensidade, reflete a complexidade dos sentimentos, enquanto a sensualidade e o amor são entrelaçados com um tom de compromisso. Inspirada em dois grandes sucessos de Cazuza, "Codinome Beija-Flor" e "Exagerado", a canção tece uma rede de referências que enriquecem a narrativa — os sentimentos expressos em ambas as canções se misturam harmoniosamente, como quando se entoa: "Exagerado, meu codinome / Se eu beijo a flor, eu perco a fome", transmitindo assim tanto o fervor do amor quanto o desejo intenso.

Selo: We4 Music, SLAP
Formato: Single
Gênero: R&B / Pop, Música Brasileira

Brinatti

Graduando em Ciências Sociais, com ênfase em Antropologia e Sociologia, 27 anos. É editor e repórter do Aquele Tuim, em que faz parte das curadorias de MPB, Pós-MPB, Música Brasileira e Pop.

Postagem Anterior Próxima Postagem