Crítica | Expirado



★★★½

Produtor mineiro segue com ótimas ideias sobre o chamado chill baile.

Sem complicações, VHOOR deixa claro que quer apenas destacar seu trabalho dos últimos meses. Essa motivação, que ganha volume em Expirado, o último disco do produtor e DJ, é um sinal de que ele está no caminho certo.

A simplicidade, ainda cheia de profundidade no momento, é a principal artéria criativa das batidas e experimentos do artista. Conhecido na cena, VHOOR já fez colaborações com grandes nomes, mas sua vocação está mesmo na elaboração piloto de seu excelente repertório.

Chill baile é a moda. O movimento, que explora samples da bossa nova, hip-hop, ambient e até lo-fi, tem no VHOOR um de seus maiores representantes. Expirado é mais uma declaração disso.

Selo: VHOOR
Formato: EP
Gênero: Eletrônica / Música Brasileira, Instrumental, Chill baile
Matheus José

Graduando em Letras, 23 anos. No Aquele Tuim, faço parte das curadorias de Jazz, Música Independente, Eletrônica e Experimental.

Postagem Anterior Próxima Postagem