Crítica | ENCOUNTERS



★★★½

ENCOUNTERS é um exercício complexo que ressignifica e homenageia a obra do alemão Peter Kowald.

Gonçalo Almeida e Peter Jacquemyn unem-se num trabalho que vai além da impressão básica e instantânea da improvisação livre. É um exercício complexo que ressignifica e homenageia a obra do alemão Peter Kowald.

Mas não se trata apenas de encenar e gratificar o que foi feito pelo artista que inspira a obra. Eles vão além e acabam impondo uma visão pessoal e contemporânea do que algumas marcas do gênero podem proporcionar como veículo sonoro transgressor.

São arranhões, cliques, estalos, repetições e batidas cacofônicas – como se os instrumentos quebrassem após o uso – que dão vida ao espírito do jazz na sua forma mais desafiadora possível.

Selo: Independente
Formato: LP
Gênero: Jazz / Free Jazz
Matheus José

Graduando em Letras, 23 anos. No Aquele Tuim, faço parte das curadorias de Jazz, Música Independente, Eletrônica e Experimental.

Postagem Anterior Próxima Postagem